Ontem eu estava estava dando meu cú para meu cliente quando o outro ligou

Ontem eu estava estava dando meu cú para meu cliente quando o outro ligou para saber se eu queria sair com ele, o meu cliente que ainda estva no meu ap e ouviu meu audio ficou perplecso. Eu conheci o cliente mais fiel dessa vida. Ele é um homem muito legal com um sorriso no nas orelhas. Meu cliente gosta de conversar com outras mulheres em particular de vez em quando, mas ele não se importa se eu sentar no colo. Ele conversou comigo no viva-voz enquanto me arrumava para atende outro cara.
Cliente1: Que horas são?

Eu: São quase 8:30.

Cliente2: Quase na hora de dormir. Você vem me foder. Heh heh heh.

Cliente1: Sim, eu sei disso, eu já terminei oque vim fazer aqui e estou indo para casa.

Cliente2: Você não acha legal que nós dois possamos ligar para o cliente1? Combinarmos um dia algo a 3.

Eu: Facilita, com certeza. De qualquer forma, a razão pela qual estou ligando para você é que quero você 2

Cliente1: Ah, eu sei por que você está ligando. É por causa desse cliente que esta por vir.

Eu: Bem, sim.

Cliente2: É uma pena, eu vou te dizer isso. Queria algo fora dos padões convencionais hoje.

Eu: Você poderia dizer isso antes tinha um amigo que acabou de sair daqui.

Cliente2: Você e eu sabemos que há fogo suficiente nos 24 horas maiores para nos tornar totalmente independentes no sexo no momento. Algumas gotas de programa na cidade não farão diferença. Mas há muitas pessoas que não querem algo tipo assim. Que pena, sério. Poderíamos ser totalmente independentes quando se trata de sexo. E isso significaria que poderíamos dizer a todos os outros que nos somos cumplices do desejo, bem, poderíamos dizer a eles para onde ir, se é que você me entende.

Eu: Eu pensei que você poderia ter algumas palavras de sabedoria sobre o sexo, especialmente em relação à nossa vida a dois. Você levou alguns grandes sucessos até agora.

Cliente2: Bem, isso é verdade. Mas nunca me preocupei muito com isso. Esses fracassos na vida vão procurar o pior em qualquer situação. Para não suar. Realmente, eu não faria. Apenas vá sobre o seu negócio. Tudo vai dar certo.

Eu: Mas eles estão dizendo que este é o meu momento.

Cliente2: Talvez seja. Talvez não seja. Mas está fora de suas mãos agora. O mais importante é fazer com que os idiotas da rua parem o que estão fazendo e comecem a dar atenção para sua acompanhante. O problema é que você precisa parecer que está fazendo algo, mesmo que não esteja. Pare de nomear pinto e bunda. Pare de enviar o mensagens do seu celular para lá. As pessoas vão estar olhando para você como um fraco.

Eu: O que você acha que eu devo fazer?

Cliente2: Pode ser uma boa oportunidade para matar dois coelhos com uma cajadada só. Por que você não reúne todos os clientes legais do bairro e os faz transar? Isso os tirará do seu foco, onde não são procurados. Você está me seguindo?

Eu: Uh, sim.

Cliente2: Então, quando toda festa estiver acabada, ficaram ficará muito agradecidos por querer que fiquem com eles. Você pode dar a todos eles oque eles querem de verdade.

Eu: Eu nunca pensei nisso dessa maneira.